A ponte de lá para cá.
Sexta-feira, 20 de Abril de 2012
What a week...
Esta semana foi muuuuuito longa e muito cansativa....

Sim, para mim já acabou :)
Mas não quero outra semana assim tão cedo.... :|

Estou neste momento com um part-time que consegui, num infantário e a canalha esgota uma pessoa... Desenganem-se se acham que estes são diferentes... Berram, esperneiam, choram, babam, fazem birra, desarrumam tudo, sujam, saltam, correm, não param quieeeeeetos pá.... Eu não quero filhos e ando a aturar os dos outros... Ai senhores.... Bem, fazem isto tudo MAS... Com os olhitos em bico -.- :)
"Lǎoshī" (Professora) "Lǎoshī" "kdj oishd sdfbd hsf vgs fdgd bsfh vgd", e eu "Como???" Não percebo nada claro está e digo "Sorry bù zhīdào" e isto eles percebem... Mas mesmo assim "Lǎoshī lsfnegf hrfdjfvb dfvgsg fbdnfj" e eu fico a olhar para eles e depois começam a chorar porque eu não lhes respondo.... Olho para as professoras chinesas e elas bem querem falar.... mas.... O inglês é... é.... Vamos dizer que é pouco....

E esta semana, porque fui para o bem bom no início do mês, lá tive que repor a aula a que faltei... Aqui funciona assim. Não há atestados, há reposições...
E foi a semana inteira a levantar MUITO cedo (6.20 da matina....) e só para chegar ao infantário levo quase DUAS horas... Duas horas no meio deste transito de gente doida a conduzir.... Bem nem imaginam... Toda a gente apita, os autocarros apitam, os carros apitam, as motas apitam, as motocicletas apitam, as bicicletas apitam, os pedestres não apitam mas andam sempre a cuspir... Um festival logo p´la fresquinha... Acho que se eles tivessem triciclos também apitavam... E é sempre muita muita muita gente... Eles aqui aparecem de baixo das pedras só pode....

Além disso, aqui na escola, eles criaram umas salas que, SUPOSTAMENTE, pretendem criar o ambiente relacionado com a língua que os alunos estudam. A mim cabe-me a sala latino-americana, onde se encaixa Portugal, Espanha e Itália (não percebi o "americana" aqui mas ok...)
Bem, cheguei á sala que vi pela primeira vez na passada quarta-feira e.... Eu pensei que tinha entrado numa casa do Sec. XVII!!! WTF??? Que é isto pá??? Eh pá a minha casa em Portugal não é assim.... Nem a minha nem a de ninguém que eu conheço.... Castiçais trabalhados, o candeeiro do tecto enorme e cheio de uns brilhantinhos esquisitos (aquelas coisinhas pequeninas de vidro recortado que dá a ideia de brilhante, mas num candeeiro "muita" feeeio...) montes de rebicoques, o papel de parede faz-me lembrar uns sofás que a minha bisavó tinha, aquando dos meus maravilhosos 5 anos, cheio de flores e coisas... e eu acho mesmo (ou melhor, eu quero acreditar mesmo mesmo muito) que os espanhóis e os italianos também não usam aquilo...
E o quarto??? Parece um quarto de hotel misturado com o tempo do Luís XIV...
Lá expliquei aos alunos que HOJE, aquilo não se usa... E expliquei como era Hoje... Mas tinham a lareira... :) E uma árvore de Natal muito muito pobrezinha...
Hoje voltei lá com a outra turma e já ia preparada para o impacto... Então comecei logo de início a explicar que "aahhh tal e coiso" não é bem assim....

Mas... A juntar a esta fascinante semana, há um facto que se iniciou a meio da semana anterior....

O meu cilindro que aquece a água meteu os papeis "pá" reforma e eu que me desenrasque, ou como se diz na minha terra, que me... Vocês sabem...
Banhinho???? O primeiro foi com água fria... E depois, achei que "ahh pois isso não é para mim afinal", e fui ao meu departamento avisar que aquilo estava avariado.... Vieram cá 4 senhores ver o que se passava e foi mais ou menos assim: Eles entraram na minha casa de banho, olharam e "svd hidfb djk fvn sjdf yevfb jh kdj fbhes" e o outro " usfgdy euafv cj fhque gcfaçc fhaui fdfcgh vdbmi çkjb vgidvg iudvb djvn kbvd bvcç dhbv" e depois perguntáram-me "õih efclu dhb davd uivb ksd dvbc" e eu "bù zhīdào" e eles "aaahhhhh fvus dnvjbh jvsb alfdv nqov bhjv bj advb" e depois voltaram entre eles "shbv abc vajç kvb bcj ahvbj vfb" e o outro concordou e disse "kjbd ia vfia kjfb cdnçi aqhu vya ebf ahvf pua" e depois o outro abanou a cabeça a dizer que não e "ça bvkah vbgu lavb vj bçja hvbja dhf" e depois disseram-me "çkn fvi wabn mfcç ibvhus ivbfç webf csjnv" e foram-se embora...
Aaaahhhhh??? E eu??? E quê pá???? Como é???

Lá vou eu outra vez ao meu departamento pedir as legendas deste filme e a Estrella explicou-me que o senhor lhe disse que o meu cilindro estava avariado e que tinham que comprar um novo..... FABULOSO!!!!!!!!!! Eles não mexeram em nada, não viram a tomada, não ligaram aquilo MAS, ATENÇÃO, MAS perceberam que o cilindro estava avariado SÓ DE OLHAR PARA ELE.... Muito á frente esta gente.... Na minha terra desmonta-se tudo primeiro, espreita-se e volta-se a montar (ás vezes sobram peças ok...) e só depois lá dizem o que vai mal.... Mas aqui não.... Eles aqui devem ter poderes psíquicos e falar com as máquinas (o que explicaria muita coisa :/)....
"E então?" Agora que já estava ambientada á minha casa de banho, não há banhinho a tomar??? E perguntei se ela queria mesmo que eu fosse dar as aulas sem tomar banho.... :)
Conclusão da história: Estou a tomar banho no quarto da Tailandesa, que é uma querida e me disponibilizou o quarto de banho, e venho a correr para o meu quarto, mas um correr de "ahh e tal que vou assaltar alguma coisa"... Em bicos de pés a ver se os outros "profs" não abrem a porta dos quartos enquanto eu vou a passar/correr de toalha... Mais o stress de abrir o aluquete da porta do quarto e tal... e as roupas e o champô e o amaciador e o gel de banho.... e os chinelos que escorregam... AAAhhhnnlfjrebfvh quero a minha casa de banho :( (nunca pensei dizer isto aqui...)

E pronto.... A realidade por aqui....

A minha televisão não funciona porque o cabo que liga a antena à televisão está avariado. Solução que esta gente me deu:" Se quiser pode mudar de quarto..." Como???? E pegarem num cabo e meterem aqui??... É só trocar... Não???? Não... isso é muuuuito complicado para estas cabeças porque ahh e coiso que isso pertence a um quarto vazio onde não está ninguém e não se pode tirar... (Possa pá... gente difícil nestas criquices....)

E já chegaram os meus sapatinhos lindos que mandei vir pela net :) A boa noticia é que são baratos e servem perfeitamente :)
Uma coisa boa nesta semana :)

E vocês???
Como foi a vossa semana??? :)
Contem-me coisas... Um beijo grande a todos e um especial para a minha colega Lurdes que fez aninhos :)


publicado por lilika03 às 09:37
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

9 comentários:
De Tere a 20 de Abril de 2012 às 11:17
E um robe de banho minha linda? sempre ficas mais segura na correria LOLOL
Não te vou contar a semana porque falo contigo todos os dias :) e ainda assim tenho saudades... raios....
Pois que como sabes a Matildinha está com varicela e pronto...
Posta aqui foto do belo do sapato ladie!!!! :)
E dos chininhos pequeninos!!! Ah poiébébé... não é fácil... mas se não os entendes menos mal LOLOL podes sempre alegar que não sabias o que diziam!!! mas... visto bem... eles também hihihihi...
O que escreveste depois de Sorry calculo que seja" não entendo nada do que te sai da boca" LOLOL
BJinhos


De lilika03 a 20 de Abril de 2012 às 16:17
Pois... Um robe é que era não é..... Diz que comprei um todo fino de seda da China pá mãe e para mim nicles.... :)
mas ia comprar um robe se não uso??? E mesmo de robe... O pessoal a ver-me passar.... Enfim....
Quem me estiver a apreciar um dia há-de pensar que eu realmente não bato bem... E pronto!! Descobrem-me!!! :p
Depois do Sorry sim é mesmo um "Não sei" que eles entendem como não entendo....


De Carminho a 20 de Abril de 2012 às 11:34
Lilika;;;;;))) O TEU BLOG ESTÁ MUITO FIXE;;))))))olha vê se compras um roupão em vez de sapatos.:)) e arranja lá o cabo da tv;;)) e o Cilindro::)) arranja Lá isso::)))

queres uma trotineta::)) e metes buzina;;)) ou uns patins:::)) e andas com uma buzina na mão ou arranjasse as gaitas do senhor Jaime::)))LOLOL

Muito bem gostei de saber que afinal somos normais e assim;;))lolol

Mostra lá os shoes Novos;;))pá

Beijo grande minha querida com saudades;;;;;)))MMMMMMMMMMMiiiigggggggaaaaaaaa


De lilika03 a 20 de Abril de 2012 às 15:42
Oh carminho espera que vou tirar foto aos sapatinhos e "ópois" mostro.... :P
São uns melissa pretos liiiiindo e confortaveis e o mais importante: faceis de lavar, que nesta terra cheia de pó tudo se suja num instante...
Quanto á buzina, estavas a brincar mas, eu já pensei nisso :)

Também tenho saudades... :)
Bjinho grande e Viv´ó SPOOOOOOOORTING!!!


De Carminho a 20 de Abril de 2012 às 11:40
Desde sempre e Pra sempre! Longe dos olhos, mas perto do coração

Há muito se diz que, quem encontrou um amigo, encontrou um tesouro precioso. Há muito se diz que amizade verdadeira dura pra sempre. Não tem aquelas tempestades da paixão e nem a calmaria exagerada do descompromisso. É o meio termo. É a bonita sensação do estar perto e, de repente, deixar o silêncio chegar. Não exige tanto. Exige tudo.

As amizades nascem do acaso. Ou de alguma força que faz com que uma simples brincadeira, uma informação, um caderno emprestado, uma dor seja capaz de unir duas pessoas. E a cumplicidade vai ganhando corpo, e o desejo de estar junto vai aumentando, e, com ele, a sensação sempre boa do poder partilhar, de se doar.

Há muito se diz que os amigos verdadeiros são aqueles que se fazem presentes nos momentos mais difíceis da vida, naqueles momentos em que a dor parece querer superar o desejo de viver.

De fato, os amigos são necessários nesses momentos. Mas, talvez, a amizade maior seja aquela em que o amigo seja capaz de estar ao lado do outro nos momentos de glória, e vibrar com essa glória. Não ter inveja. Não querer destruir o troféu conquistado. Aplaudir e se fazer presente. Ser presente.

A amizade não obedece à ordem da proporcionalidade do merecimento. Não há sentido em querer de volta tudo o que com generosidade se distribuiu. A cobrança esmaga o espontâneo da amizade. E a surpresa alimenta o desejo de estar junto.

O amigo gosta de surpreender o outro com pequenos gestos. Coisas aqui e ali que roubam um sorriso, um abraço, um suspiro. É tudo puro, é tudo lindo.
Há muito se diz que não é possível viver sozinho. A jornada é penosa e, sem amparo, é difícil caminhar.

Juntos, os pássaros voam com mais tranquilidade. Juntas, as gaivotas revezam a liderança para que nem uma delas se canse demais.

Juntos, é possível aos golfinhos comentarem a beleza de um oceano infinito. Juntos, mulheres e homens partilham momentos inesquecíveis de uma natureza que não se cansa de surpreender.
Eu te peço, Senhor, nessa singela oração, que me dês a graça de ser fiel aos meus amigos. São poucos. E impossível seria que fossem muitos. São poucos, mas são preciosos. Eu te peço, Senhor, que me afastes do mal da inveja que traz consigo outros desvios. A fofoca. A terrível fofoca que humilha, que maltrata, que faz sofrer.

Eu te peço, Senhor, que o sucesso do outro me impulsione a construir o meu caminho, e que jamais eu tenha ânsia de querer atrapalhar a subida de meu amigo. Eu te peço, Senhor, a graça de ser leal. Que eu saiba ouvir sempre e saiba quando é necessário falar.

Senhor, sei que a regra de ouro da amizade consiste em não fazer ao amigo aquilo que eu não gostaria que ele me fizesse. E te peço que eu seja fiel a essa intenção. E sei que essa regra fará com que o que se diz há tanto tempo se realize na minha vida. Que eu tenha poucos amigos, mas amigos que permaneçam para sempre.

Não poderia ter muitos. Não teria tempo para cuidar de todos. E de amigo a gente cuida. Amigo a gente acolhe, a gente ama.

Senhor, protege os meus amigos. Que, nessa linda jornada, consigamos conviver em harmonia. Que, nesse lindo espetáculo, possamos subir juntos ao palco. Sem protagonista.

Ou melhor, que todos sejam protagonistas, e que todos percebam a importância de estar ali. No palco. Na vida.

beijão Amiga


De Sonia a 20 de Abril de 2012 às 14:50
Olá Lilika! :)
Finalmente resolvi postar algo, sim porque eu sou uma infiltrada - sou a amiga da Terê, a menina dos bolos que fez os teus cupcakes de despedida, mas desde que a Terê me mostrou o teu blog, fiquei simplesmente viciada!
É fantástica a forma como tu descreves as coisas, o sentido de humor e a forma como transportas quem te está a elr para o local, já me sinto praticamente familiar da simpática tailandesa, dos mercados confusos e do transito caótico dessa "pequena" cidade!! Ler é uma das minhas paixões... e gosto de ao ler me sentir transportada... e qual Nora Roberts, qual quê.. tu consegues isso! :) Muitos parabéns pela escrita!
Pensa seriamente em quando acabar esta tua aventura, ou na passagem para uma segunda fase, em editar isto para livro!!! Acredita, tens compradora!! :)
Depois quero enaltecer a tua coragem... de te aventurar no outro lado do mundo... e de uma vez aí te "aguentares à bronca" como te tens aguentado... acredita eu no teu lugar, mesmo que ultrapassado o "desvio" da mala, quando me deparasse com uma casa de banho como a tua teria certamente agarrado nas minhas - poucas - coisinhas e rumado ao aeroporto mais proximo, bilhete, check-in... e xau, estou out!!! Por isso... PARABÉNSSSSSSSSSSSSSSSSSSS pela tua coragem e perseverança!!!

Agora que já ganhei coragem de fazer o 1º coment.... já nao me calo!!! hihihihi

Beijinhos e continua com a coragem que transmites nas tuas fantásticas descrições!!!

Sónia


De lilika03 a 20 de Abril de 2012 às 15:38
Oá Sónia. A Té já me tinha dito que tinha mostrado o blog a uma amiga....Mas nunca pensei que tivesse este impacto.... Confesso que até fiquei envergonhada, mas agradeço imenso os teus comentários, mesmo... E as coisas que sabes :D.... Realmente obrigada... Mas a verdade é que tudo o que conto aqui é o que se passa no meu dia-a-dia, por isso a agradecer é ás peripécias que me surgem :D Eu sou uma pessoa que também "atrai" este tipo de situações caricatas, pela minha maneira de ser..... Mas nada é imaginado.... E por isso também gosto, porque um dia não é igual ao de ontem....
Se me continuar a conseguir expressar assim e continuarem a acontecer "estas" coisas, eu prometo pensar na tua sugestão... :) Nunca foi essa a ideia... Sempre gostei de escrever, mas isto era mais para não me desligar dos "meus" :)
Mas já que estávamos ligadas mesmo antes de eu vir, bem-vinda a este grupo de gente meia doida que partilha histórias também doidas :)
Mais uma vez muito obrigada pela força...
E podes comentar sempre que quiseres :)
Bjinhos


De Lurdes a 20 de Abril de 2012 às 16:00
Branquela: nao imaginas como fikei triste ao ler o \"texto\" anterior! Isto porque gosto demais de ti para te imaginar nessa panóplia de situações! Nao consigo sequer imaginar nada disto! Obrigada por até aí e, volvidos dois dias ainda te lembrares e postares-me no teu comentário. Bj do fuuuuundo do coração e, se precisares do que quer q seja diz por favor. Adoro-te sua branquela


De lilika03 a 21 de Abril de 2012 às 07:02
Ohhh Lulu :)
Como já te disse, estou bem :) Estou a gostar...
Apesar de estas coisas todas estou aqui. rija :)
Quando quiseres, pegas no teu paulinho e vêm-me visitar....
E aqui estou na terra das branquelas :P
Elas usam produtos para ficar como eu...hihihi.

Beijo grande.


Comentar post

Mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Quatro meses depois.....

Um filme de Terror….

What a week...

Mais "estórias".... Hoje ...

Dia do Pai

Em atraso...

O nooooosso dia :)

....Mais histórias de cá....

Já tenho net :)

O acordo ortográfico e o ...

arquivos

Agosto 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Fazer olhinhos
blogs SAPO
RSS